sexta-feira, 30 de abril de 2010

Ele...


Ele que atravessou a minha vida,
Minha luz, meu calor e meu luar,
Ele que foi triste despedida,
Sem nunca ter a sorte do encontrar!

Ele... o meu sonho e o meu tormento,
Ele... meu abrigo e liberdade,
Ele, meu Amor azul-cinzento,
Paixão feita de cor e de saudade!

Ele presente de dor consentido,
Carícia do vento na alvorada,
silêncio do abraço pressentido...

Ele, meu desejo d`alma fechada,
que por ti aberta teria sido,
tivesses escolhido outra entrada!

1 comentário:

Maria Inês Teixeira de Queiroz Aguiar Marçalo disse...

LINDÉRRIMO!!!1000*******
JINHOS. TUA MUMMY.

Seguidores