terça-feira, 13 de abril de 2010

Se todos...


Se todos soubessem
Como a vida é simples
Se todos pudessem
abrir-se ao calor de Verão!
Deixar respirar a alegria
levantar os pés do chão...

Se todos fizessem,
de vez em quando
uma corrida
para fora de si
com bilhete só de ida...

Se todos levassem
as mãos livres, vazias
e se libertassem
de carregos e de feridas...

Há como seria
quente um golpe de asa
e morena a onda de sonho
que rodeia a tua casa!

3 comentários:

Maria Inês Teixeira de Queiroz Aguiar Marçalo disse...

SE TODOS FOSSEM IGUAIS A VOCÊ...
SE TODOS FOSSEM POETAS...
PARABÉNS E BEIJINHOS A TODOS.
TUA MUMMY.

LP disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Isabel Maguiar disse...

Pois... O espelho... Há muitas pessoas que só se acham felizes ao espelho!
bjj e obrigada

Seguidores