quarta-feira, 18 de novembro de 2009

Aos meus Filhos…



Há um som de piano dormente…
Que embala o Francisco docemente…
Há uma chuva que lá fora cai
Uma tristeza que de dentro sai.

Sai, mas persiste, densa neblina
Que nos envolve como uma cortina
E ao berço que eu estou a construir
Não sei se para ficar, ou para ir…

Há um bebé que assim vai crescendo…
Um rapaz que é todo ao seu jeito
E que me dá vontade de sorrir!

Levanto os olhos e vou prendendo
Ao meu olhar os Amores mais ao peito
Gonçalo e Francisco que está p`ra vir…

2 comentários:

Maria Inês Teixeira de Queiroz Aguiar Marçalo disse...

Este já tinha visto, mas só hoje consigo deixar comentário: BRAVÍSSIMO!!!!!!!!!!!!!!!
Jinhos da tua mummy.

Maria Inês Teixeira de Queiroz Aguiar Marçalo disse...

Mais 5*!!!!!!!!!!!!!!!
Jinhos da mãe e avó.

Seguidores